...

23/03/2014

O ARREBATAMENTO DA IGREJA, “CONDIÇÃO PARA SUBIR”

Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados 1 Co 15:52




INTRODUÇÃO

Segundo os links abaixo, foi explicado sobre o termo bíblico “O Arrebatamento da Igreja”, com o objetivo de esclarecer possíveis dúvidas sobre o referido tema. Usando textos das Sagradas Escrituras (princípio da hermenêutica bíblica), procurei mostrar aos leitores com clareza, o que Deus preparou, em um futuro próximo, àqueles que aceitaram o sacrifício de Cristo na Cruz do Calvário e desejarem ter uma vida de obediência incondicional a Bíblia Sagrada.

Arrebatamento da Igreja: http//ebdestudosbiblicos.blogspot.com.br/2007/11/arrebatamento-da-igreja.html
ARREBATAMENTO II: http//ebdestudosbiblicos.blogspot.com.br/2011/07/arrebatamento-ii.html

Nesta feita, não quero falar sobre o Arrebatamento da Igreja explicando sua forma teológica, a fim de apenas acrescentar o vosso conhecimento sobre o determinado assunto, não é essa minha intenção. Sendo o Arrebatamento uma realidade bíblica, espero conduzi-los a reflexão e também despertá-los a esse iminente e glorioso acontecimento.

HAVERÁ SELEÇÃO

DEUS não faz acepção de pessoas, a Bíblia diz:

  • Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna Jo 3.16.

O dom de Deus que é a salvação, foi oferecida a todas as pessoas da terra deixando em aberto a decisão de cada indivíduo sobre oque escolher para seu futuro eterno, a Bíblia diz:

  • Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se2 Pe 3.9.

Existem algumas expressões bíblicas que nos chamam a atenção, por exemplo:
  • ...os que morreram em Cristo ressucitarão primeiro ITs 4.16
  • ...um povo seu especial, zeloso de boas obras Tt 2.14
  • Mas aquele que perseverar até ao fim... Mt 24.13

Essas expressões entre outras, nos dizem claramente que não serão todas as pessoas que confessam a Cristo como Senhor e Salvador de suas vidas, que desfrutarão das riquezas celestiais, mas sim, as que quando o Senhor vier, possa os achar irrepreensíveis para subir ao céu de luz e estar sempre ali com o Senhor.
Ora, estou falando da condição ideal para subir no Arrebatamento da Igreja, pois, faltando algum requisito certamente grande será a decepção.
O Reino dos céus não é algo a se comparar com as coisas corruptíveis e passageiras desse mundo, saber reconhecer o devido valor de Cristo em nossas vidas, empregar força e até mesmo renúncia pessoal, faz parte de uma vida genuinamente cristã daquele que realmente deseja ir morar no céu.

Outrossim o reino dos céus é semelhante ao homem, negociante, que busca boas pérolas;
E, encontrando uma pérola de grande valor, foi, vendeu tudo quanto tinha, e comprou-a
Mt 13.45-46”.

Quem está na igreja, mas não abandona o pecado e o mal, sendo assim infiel a Cristo, será deixado aqui, no Dia do Arrebatamento.
Todos os crentes devem examinar suas vidas constantemente, atentando para sua vida espiritual, tendo em vista a Vinda de Cristo num momento desconhecido e inesperado, “Mas daquele dia e hora ninguém sabe
Mt 24.36...”

O Arrebatamento da Igreja é ilustrado nas parábolas que o Senhor nos ensinou, vejamos algumas:

ESTAR COM AS VESTES APROPRIADAS

  • Então Jesus, tomando a palavra, tornou a falar-lhes em parábolas, dizendo: O reino dos céus é semelhante a um certo rei que celebrou as bodas de seu filho; E enviou os seus servos a chamar os convidados para as bodas, e estes não quiseram vir. Depois, enviou outros servos, dizendo: Dizei aos convidados: Eis que tenho o meu jantar preparado, os meus bois e cevados já mortos, e tudo já pronto; vinde às bodas. Eles, porém, não fazendo caso, foram, um para o seu campo, outro para o seu negócio; E os outros, apoderando-se dos servos, os ultrajaram e mataram. E o rei, tendo notícia disto, encolerizou-se e, enviando os seus exércitos, destruiu aqueles homicidas, e incendiou a sua cidade. Então diz aos servos: As bodas, na verdade, estão preparadas, mas os convidados não eram dignos. Ide, pois, às saídas dos caminhos, e convidai para as bodas a todos os que encontrardes. E os servos, saindo pelos caminhos, ajuntaram todos quantos encontraram, tanto maus como bons; e a festa nupcial foi cheia de convidados. E o rei, entrando para ver os convidados, viu ali um homem que não estava trajado com veste de núpcias. E disse-lhe: Amigo, como entraste aqui, não tendo veste nupcial? E ele emudeceu. Disse, então, o rei aos servos: Amarrai-o de pés e mãos, levai-o, e lançai-o nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes. Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos Mateus 22.1-14.

A veste nupcial é um dos requisitos básico e simboliza a condição de se estar preparado no momento do Arrebatamento. Significa despojar-se das vestes antigas, dos andrajos do pecado, e vestir-se com trajes santos, purificados com o sangue do Cordeiro. Os que aceitam a Cristo Jesus pela fé, são feitos novas criaturas (2Co 5.17), pertencendo totalmente a Deus.
Infelizmente, em nossos dias muitas pessoas se iludem pensando que de qualquer maneira subirão no Arrebatamento, mas a Bíblia nos exorta a buscarmos um arrependimento sincero e conservar uma vida santa sem se contaminar com as coisas vis deste mundo.


  • Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento, sede sóbrios, e esperai inteiramente na graça que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo; Como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância; Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; 1 Pe 1.13-15

  • Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. Rm 12.1,2
  • Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor Hb 12.13-14

Ser santo é estar separado do pecado e consagrado a Deus. É ficar perto de Deus, ser semelhante a Ele, e, de todo o coração, buscar sua presença, sua justiça e a sua comunhão.

  • SENHOR, quem habitará no teu tabernáculo? Quem morará no teu santo monte? Aquele que anda sinceramente, e pratica a justiça, e fala a verdade no seu coração. Aquele que não difama com a sua língua, nem faz mal ao seu próximo, nem aceita nenhum opróbrio contra o seu próximo; A cujos olhos o réprobo é desprezado; mas honra os que temem ao Senhor; aquele que jura com dano seu, e contudo não muda. Aquele que não dá o seu dinheiro com usura, nem recebe peitas contra o inocente. Quem faz isto nunca será abalado. Sl 15.1-5

SER FIEL


  • Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o seu senhor constituiu sobre a sua casa, para dar o sustento a seu tempo? Bem-aventurado aquele servo que o seu senhor, quando vier, achar servindo assim. Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens. Mas se aquele mau servo disser no seu coração: O meu senhor tarde virá; E começar a espancar os seus conservos, e a comer e a beber com os ébrios, Virá o senhor daquele servo num dia em que o não espera, e à hora em que ele não sabe, E separa-lo-á, e destinará a sua parte com os hipócritas; ali haverá pranto e ranger de dentes Mateus 24:44-51.


Nota:
Fidelidade (do latim fidelitas pelo latim vulgar fidelitate), é o atributo ou a qualidade do que ou de quem é fiel (do latim fidelis), para significar que ou o quem conserva, mantém ou preserva suas características originais, ou que ou o quem mantém-se fiel à referência.

Segundo o texto acima, ser fiel, é imprescindível, pois o Senhor em breve requererá de cada um segundo o talento que Ele mesmo nos entregou.
Quem for achado fiel no dia do Arrebatamento será considerado Bem-aventurado, quanto ao servo infiel e negligente, sua parte com os hipócritas; ali haverá pranto e ranger de dentes.
Outro grande detalhe na vida do servo fiel e prudente, é que ele não será pego de surpresa e nem envergonhado. A recompensa para o servo fiel é incalculável e não se compara com as “grandezas daqui”, ALELUIA!!!

  • Porque isto é também como um homem que, partindo para fora da terra, chamou os seus servos, e entregou-lhes os seus bens. E a um deu cinco talentos, e a outro dois, e a outro um, a cada um segundo a sua capacidade, e ausentou-se logo para longe. E, tendo ele partido, o que recebera cinco talentos negociou com eles, e granjeou outros cinco talentos. Da mesma sorte, o que recebera dois, granjeou também outros dois. Mas o que recebera um, foi e cavou na terra e escondeu o dinheiro do seu senhor. E muito tempo depois veio o senhor daqueles servos, e fez contas com eles. Então aproximou-se o que recebera cinco talentos, e trouxe-lhe outros cinco talentos, dizendo: Senhor, entregaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco talentos que granjeei com eles. E o seu senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. E, chegando também o que tinha recebido dois talentos, disse: Senhor, entregaste-me dois talentos; eis que com eles granjeei outros dois talentos. Disse-lhe o seu senhor: Bem está, bom e fiel servo. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. Mas, chegando também o que recebera um talento, disse: Senhor, eu conhecia-te, que és um homem duro, que ceifas onde não semeaste e ajuntas onde não espalhaste; E, atemorizado, escondi na terra o teu talento; aqui tens o que é teu. Respondendo, porém, o seu senhor, disse-lhe: Mau e negligente servo; sabias que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei? Devias então ter dado o meu dinheiro aos banqueiros e, quando eu viesse, receberia o meu com os juros. Tirai-lhe pois o talento, e dai-o ao que tem os dez talentos. Porque a qualquer que tiver será dado, e terá em abundância; mas ao que não tiver até o que tem ser-lhe-á tirado. Lançai, pois, o servo inútil nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes. Mateus 25:14-30

É interessante dizer que o Senhor não deixou o dia e nem a hora marcada de sua volta, mais disse para ficarmos de sobre aviso pois Ele virá a uma hora em que não pensamos e nem esperamos, por esse motivo devemos atentar para os detalhes, pois, o Senhor virá e não tardará.

  • Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor Mateus 24:41-42

TER AZEITE

  • Então o reino dos céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram ao encontro do esposo. E cinco delas eram prudentes, e cinco loucas. As loucas, tomando as suas lâmpadas, não levaram azeite consigo. Mas as prudentes levaram azeite em suas vasilhas, com as suas lâmpadas. E, tardando o esposo, tosquenejaram todas, e adormeceram. Mas à meia-noite ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo, saí-lhe ao encontro. Então todas aquelas virgens se levantaram, e prepararam as suas lâmpadas. E as loucas disseram às prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas se apagam. Mas as prudentes responderam, dizendo: Não seja caso que nos falte a nós e a vós, ide antes aos que o vendem, e comprai-o para vós. E, tendo elas ido comprá-lo, chegou o esposo, e as que estavam preparadas entraram com ele para as bodas, e fechou-se a porta. E depois chegaram também as outras virgens, dizendo: Senhor, Senhor, abre-nos. E ele, respondendo, disse: Em verdade vos digo que vos não conheço. Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir. Mateus 25:1-13

O Azeite nos textos sagrados representa a pessoa bendita do Espírito Santo. O Espírito Santo é a nossa garantia, o selo e penhor da nossa eterna redenção.
  • Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa; O qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória. Efésios 1.13-14

O Espirito Santo é o agente que regenera vida do mais vil pecador quando este se entrega a Jesus;

  • Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito. João 3.5-6
A transformação na vida do convertido em Cristo, se inicia a partir do momento em que há confissão e arrependimento, então, o Espírito Santo começa atuar como também conservará essa vida com as características de um santo(a), para o Dia do Arrebatamento.
Uma vez entregue a Jesus, devemos agradá-lo em toda nossa maneira de viver para não corrermos o risco de perder a presença maravilhosa do Espírito Santo e colocarmos a esperança da salvação em jogo.
O Espírito Consolador quem nos ensina todas as coisas concernentes a salvação;
  • Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito. João 14:26
  • Mas, quando vier o Consolador, que eu da parte do Pai vos hei de enviar, aquele Espírito de verdade, que procede do Pai, ele testificará de mim. E vós também testificareis, pois estivestes comigo desde o princípio. João 15:26-27
  • Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir. Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu, e vo-lo há de anunciar. João 16:13-14

Não existe nada que possa substituir a presença gloriosa do Espírito Santo em nossas vidas, pois sem Ele não há razão para viver, não haverá galardão sem a presença dEle.
Cuidar do nosso corpo, é um bem que fazemos, pois, permitiremos a permanência constante do Espírito Santo conosco.

  • Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo. 1 Coríntios 3:15-17
  • Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus. 1 Coríntios 6:18-20



CONCLUSÃO

A ardente expectação pelo aparecimento do Senhor Jesus nas nuvens, nos move a buscarmos com perseverante oração a presença do Senhor e obedecermos a sua Santa Palavra.
Quanto mais o tempo passa, mais os sinais nos mostra que o tempo está se findando e a oportunidade se indo das mãos daqueles que ainda não se decidiram em seguir a Cristo.
Que o Senhor nosso Deus, o Pai das luzes, em quem não há mudança e nem sombra de variação, nos conceda graça para triunfarmos dia após dia até conquistarmos a coroa da justiça que o Senhor Justo Juiz nos dará naquele dia.


E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem.
E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida.




Fontes.
Donald C. Stamps, Bíblia de Estudo Pentecostal – CPAD
Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal – CPAD
W. E.VINE, Dicionário Vine – CPAD
Biblia online
Dicionário da Língua Portuguesa, Aulete Digital

Um comentário:

Revelacaodabiblia Biblia disse...

Jesus virá a "segunda" e única vez DEPOIS DA GRANDE TRIBULAÇÃO.
Pregar pré e mid/meso tribulação é anular versículo bíblico, e colocar em risco a salvação. Veja logo abaixo a condenação para quem muda a profecia do livro de apocalipse. Lembre que os pré-tribulacionistas pregam uma vinda de Jesus ao toque da quarta trombeta, mas em apocalipse diz que será ao toque da última trombeta.
Os pré, mid tribulacionistas pregam vinda invisível, enquanto a bíblia fala que Jesus virá VISÍVEL, pregam que haverá salvação pela lei, e somente de Judeu. No entanto, o livro de apocalipse fala que haverá salvação de todas as tribos, línguas e povos da terra. Pregam que a igreja não passará pela grande tribulação, no entanto, o livro de apocalipse fala de perseguição, de guerra, de tribulação, de morte de servos,...
Por outro lado o Senhor claramente disse que virá DEPOIS DA GRANDE TRIBULAÇÃO (isso os pré-tribulacionista não leram)... O apóstolo Paulo disse que outro evangelho diferente do que ele pregou era "ANATEMA", "MALDITO"... Paulo ensino que Jesus virá "ante" o toque da última trombeta... Ele também disse que "TODOS" os que amam a vinda de Jesus receberão a coroa da vida na segunda vinda de Jesus... Paulo nada ensinou que levasse a crer em vinda invisível, ou em vinda antes do "anticristo" e "ante da apostasia total"...
APOCALIPSE 22:18,19 Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele às pragas que estão escritas neste livro; 19 E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro.
MATEUS 24:29,30,31 E, logo depois da aflição daqueles dias, ... 30 ...Verão o Filho do homem... 31 E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus;
MARCOS 13:19... Porque naqueles dias haverá uma aflição tal,... 24... Depois daquela aflição, ... 26 E então verão vir o Filho do homem nas nuvens...
LUCAS 21:27 E então verão vir o Filho do homem numa nuvem, com poder e grande glória;
HEBREUS 9:28 Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação;
APOCALIPSE 10:6... Mas nos dias da voz do sétimo anjo, quando tocar a sua trombeta, se cumprirá o segredo de Deus, como anunciou aos profetas, seus servos;
I CORÍNTIOS 15:52 Num momento, num abrir e fechar de olhos, “ante” a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. (Esclarecendo: O livro de apocalipse fala que serão tocadas sete trombetas. Portanto, a última trombeta é a sétima trombeta).
.Os versículos acima demonstram que Jesus virá DEPOIS DA GRANDE TRIBULAÇÃO, ANTE O TOQUE DA SÉTIMA TROMBETA.
TENHO Três ESTUDOS (SOMANDO APROXIMADAMENTE 400 PAGINAS) NA PÁGINA WWW.REVELACAODABIBLIA.COM.BR os quais com abundantes fundamento comprovam que a vinda de Jesus será ÚNICA E DEPOIS DA GRANDE TRIBULAÇÃO. Os nomes no site: “O MARANATA E ASSUNTOS CORRELACIONADOS", "ARREBATAMENTO SERÁ DEPOIS DA GRANDE TRIBULAÇÃO" E "O CORPO DE CRISTO O POVO DO SENHOR E SOMENTE UM"
ESTOU à DISPOSIÇÃO para mais fundamento bíblico comprovando que Jesus virá depois da grande tribulação.
A minha preocupação e com a condenação de servos os quais estejam difundindo a heresia da pré ou meso-tribulação. A palavra do Senhor para a igreja não pode ser mudado. O pré-tribulacionismo muda muitas profecias, tanto do livro de apocalipse, o que traz juízo condenatório. Como disse o Espírito à igreja em apocalipse 22:18-19
Mais detalhes leia nossos estudos acima citados...